Informações e Novidades
.....

06.FEV

Ibovespa desaba 3,7% com Vale perdendo licença e preocupação com atraso na Previdência

Em queda durante todo o dia por conta de novos ruídos com a reforma da Previdência, o Ibovespa acelerou as perdas na reta final do pregão na quarta-feira (6) após a notícia de que a Vale perdeu a sua autorização para operar a Barragem Laranjeiras, crucial para a produção da mina de Brucutu.

Com isso, o Ibovespa fechou com forte queda de 3,74% aos 94.636 pontos, em seu pior pregão desde 28 de maio de 2018, quando desabou 4,49%. O volume financeiro ficou em R$17131 bilhões.

Enquanto isso, o contrato futuro de dólar com vencimento em março subiu 0,87% para R$3,705, ao passo que o dólar comercial fechou com valorização de 1,09%, cotado a R$3,7065 na venda.

Além do cancelamento da operação em Laranjeiras, a Vale informou também que foi determinada a suspensão imediata da Mina de Jangada por conta de sua ligação com a licença da mina Córrego de Feijão. A mina em questão, porém, já estava paralisada em consequência da paralisação da operação da mina Córrego de Feijão.

Além disso, o TRF-1 (Tribunal Regional Federal da 1° Região) negou um recurso da Vale, que pedia para retomar suas operações da mina e da usina de Onça Puma, no sul do Pará. Entre as medidas impostas pelo Tribunal estão a paralisação das atividades de exploração mineral até que a Vale cumpra obrigações socioambientais.

Fonte: InfoMoney

Compartilhe nas redes sociais: